Rastreador ou seguro? O que é melhor?

Muitos ficam em dúvida na hora de buscar mais segurança para sua frota ou veículo particular:
Qual o melhor investimento?

Preparamos esse artigo para ajudar a esclarecer essa questão.
É comum, por exemplo, a busca por serviços de rastreamento e de seguro para carros, motos e outros veículos.

Continue lendo para entender as diferenças entre rastreadores e serviços de seguro, assim como suas principais vantagens e desvantagens.

Recuperação Financeira

Na hora de buscar segurança, muitas pessoas estão focadas no aspecto financeiro.
Afinal, é frustrante perder por um acidente ou desatenção todo o investimento que foi  feito na compra de um carro, moto ou caminhão.

Quando olhamos por esse ângulo, ambos serviços tem suas vantagens.
Com seguros, há planos cobrindo diversas ocorrências no veículo – desde acidentes de trânsito até desastres naturais.
Porém, é importante lembrar que o valor recuperado não é uma reposição do que se pagou no veículo, mas sim uma média de acordo com a Tabela FIPE.
Aos desavisados, é bom estar ciente de que esse é um valor quase sempre inferior ao que se pagou na aquisição do veículo.

Quando falamos de um veículo rastreado, por outro lado, não existem perdas monetárias em caso de roubo: um carro que tenha sido recuperado com ajuda do rastreador estará de volta nas mãos do dono, sem a necessidade de nova compra.
O lado ruim é que um rastreador não poderá amenizar as perdas em casos de acidentes, desastres naturais e demais situações.

Segurança pessoal

Se um seguro é uma ótima solução para a recuperação de valores, quando falamos em segurança pessoal ele se torna praticamente irrelevante, não podendo fazer muito pela proteção do motorista.
Em uma situação extrema (como um sequestro, por exemplo), o seguro não fará mais do que uma restituição financeira.
Enquanto isso, com um serviço de rastreamento é possível encontrar a localização precisa do veículo e os caminhos traçados pelo mesmo, auxiliando a polícia na recuperação do mesmo.
Além disso, alguns serviços de rastreamento contam também com suporte de empresas de segurança privada, permitindo apoio imediato em situações de emergência.

Gastos

Os gastos com seguros, em geral, costumam ser maiores do que os gastos para um bom rastreamento. Mas mesmo assim, podem haver grandes variações, encarecendo o serviço:
motocicletas, carros usados para Uber e certos modelos de veículo costumam ter valores muito elevados para seguros.
Em alguns casos, esses veículos sequer são aceitos pelas seguradoras!

Como em muitas situações os serviços de rastreamento e seguro são complementares, é interessante fazer uso dos dois serviços para maximizar sua proteção em todos os sentidos.
Vale recordar que muitas seguradoras dão bons descontos para veículos que possuem rastreador.

2017-10-14T07:43:40+00:00 out, 2017|Segurança|Comentários desativados em Rastreador ou seguro? O que é melhor?