Vida de motorista: 5 dicas para aumentar a segurança no trabalho

Com uma criminalidade anualmente crescente no Brasil, muitas vezes motoristas se veem em risco no seu dia a dia. O risco se agrava ainda mais para condutores profissionais, que estão constantemente percorrendo pelas estradas e avenidas.

Por isso, separamos algumas dicas para ajudar você, motorista, a evitar os riscos e dirigir com maior segurança:

1 – Ao sair do carro, não deixar itens à mostra.

Na correria do dia a dia, é comum que os motoristas saiam com pressa de seus carros para seus afazeres particulares, atender um cliente ou voltar ao trabalho.

A dica é: mesmo que esteja com pouco tempo pare por um minuto: É importante fazer uma conferência se não foram esquecidos objetos nos bancos ou outras coisas que possam chamar a atenção no interior do carro.

Isso é principalmente importante para objetos de maior valor porém mesmo elementos simples como roupas ou sacolas plásticas podem chamar a atenção de ladrões, portanto o ideal é não deixar nada à vista no carro.

Caso algo precise ficar guardado no carro procure deixar em pontos que não tenham visibilidade, como o porta-malas, porta-luvas ou em baixo dos bancos.

2 – Dirija na faixa central

Muitos não sabem, mas a faixa do meio é o ponto mais estratégico para evitar abordagens. Essa dica é ainda mais relevante quando você está parado em semáforos, dirigindo em horários tardios ou em locais desertos e perigosos.

Quando você se mantém nas faixas laterais, fica mais sujeito a ação de bandidos.
Isso acontece porque o ladrão busca o lugar mais cômodo para fazer sua abordagem. Como no meio da pista ele se torna mais vulnerável, naturalmente ele irá preferir se posicionar em um local mais seguro para agir.

3 – Evite joias e relógios

Embora para muitos seja um hábito andar nas ruas usando esses itens, eles são muitas vezes um chamariz para a ação de bandidos, aumentando a probabilidade de ser alvo de assaltos.

Em cidades muito violentas, deixe-os guardados no porta-luva, mochila ou bolsa. Em locais mais tranquilos atente-se para alguns cuidados como não deixar o braço para fora da janela, hábito que por si só pode trazer riscos para a segurança, e que aumenta quando o ocupante utiliza um relógio ou um pingente, por exemplo.

4 – Invista em sistemas de segurança

Muitas atitudes preventivas podem ser adotadas para reduzir o risco de assaltos e furtos em seu veículo. No entanto, é bom também estar preparado para o pior, que é ter o carro levado.

Hoje no mercado brasileiro existem diversas opções de recursos que dificultam a ação criminosa.
Alarmes, botões de pânico ou sistemas de rastreamento são algumas das opções.

5 – Evite locais pouco iluminados, principalmente ao estacionar

Seja a trabalho ou em outras situações do cotidiano, procure deixar seu veículo no ponto mais iluminado possível da rua. Criminosos sempre procuram as situações mais fáceis para assaltos, evitando locais iluminados, onde são flagrados mais facilmente.

É importante estar atento para esse cuidado mesmo que seja à luz do dia:
Caso você acabe demorando para retornar para o carro, pode se deparar com um ambiente muito menos seguro do que aquele em que estacionou horas antes. Por isso é importante também saber o horário em que você irá retornar e como ficará esse local no momento de buscar o veículo.

2018-02-05T18:16:40+00:00 fev, 2018|Segurança|0 Comentários

Deixar Um Comentário